Tocantins já exportou US$ 586 milhões nos seis primeiros meses de 2017, o que equivale a aproximadamente R$ 1,9 bilhão.

O Tocantins já exportou US$ 586 milhões em 2017 (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)O Tocantins já exportou US$ 586 milhões em 2017 (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)

O Tocantins já exportou US$ 586 milhões em 2017 (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)

As exportações do Tocantins fecharam o 1º semestre de 2017 com alta de 32% em relação ao mesmo período do ano anterior. O volume de vendas fora do país é considerado um termômetro da economia, já que indica como está a produção agrícola do estado. Os resultados foram recorde nos meses de março, abril, maio e junho. É uma tendência oposta à de 2016, quando foi registrada uma queda de 29% no indicador.

O Tocantins já exportou US$ 586 milhões em 2017, o que equivale aproximadamente a R$ 1,9 bilhão. Em todo o ano de 2016 o estado exportou US$ 632 milhões.

O principal fator para que o resultado fosse alcançado foi o período de chuvas mais regular. Ao fazer um balanço do ano passado, a Secretaria de Agricultura havia informado que a previsão era de recuperação em 2017, tendência que está se confirmando.

O Tocantins exporta principalmente produtos agrícolas. A soja, a carne e o milho lideram as vendas e são comprados principalmente por países na Ásia e na União Europeia. O maior cliente é a China, que comprou sozinha 63% de tudo o que as empresas tocantinenses venderam para o exterior em 2017.

Por vender produtos que dependem de um bom ciclo de chuvas, os resultados do estado estão fortemente ligados as condições climáticas. Em 2016, com a estiagem que atingiu várias cidades, o Tocantins amargou uma queda de quase 30% com relação ao ano anterior.

Com as condições econômicas mais favoráveis as importações também tiveram alta. As empresas do Tocantins trouxeram para o estado US$ 102 milhões em produtos importados. Mesmo assim, a balança comercial, que é a diferença entre o que é comprado e vendido, continua positiva em mais de US$ 480 milhões.

http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/exportacoes-recuperam-queda-de-2016-e-fecham-1-semestre-com-alta-de-32.ghtml


Compartilhar:

Deixe seus Comentario