Operação conjunta foi realizada em cidades da região sudeste do estado. Agentes também aplicaram R$ 582 mil em multas para os infratores. Agentes fizeram fiscalização em garimpos ilegais
Ascom BPMA/Divulgação
Uma ação conjunta para combater o garimpo ilegal de minérios foi realizada nas cidades de Natividade, Chapada da Natividade e Almas. A operação foi chamada de Pedra Santa e apreendeu cerca de R$ 250 mil em máquinas e insumos utilizados na extração irregular. Além disso, também foram aplicados R$ 858 mil em multas para os envolvidos.
A fiscalização foi realizada entre os dias 22 e 27 de novembro, contando com agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e Batalhão Ambiental da Polícia Militar.
Objetos apreendidos durante operação
Ascom BPMA/Divulgação
Conforme a PM Ambiental foram vistoriados quatro empreendimentos, dos quais três foram autuados, embargados e tiveram equipamentos e materiais apreendidos por infringirem as normas ambientais.
Foram feitos quatro autos de infração, totalizando R$ 582 mil em multas. Também foram apreendidos aproximadamente 27 kg de mercúrio, doze unidades de emulsão explosiva, um rolo de cordel detonante, uma espingarda calibre 22 e doze munições intactas.
Os agentes também localizaram mais de 1.500 litros de diesel e cinco gramas de ouro, além de equipamentos utilizados para extração de ouro (motores, geradores e bombas de sucção). Todo material foi avaliado em aproximadamente R$ 250 mil.
Agentes percorreram quatro áreas de garimpo ilegal
Ascom BPMA/Divulgação
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins


Compartilhar:

Deixe seus Comentario