O naufrágio de um navio cargueiro no Mar Negro, perto do litoral da Turquia, deixou seis marinheiros mortos nesta segunda-feira (7). Outros sete foram resgatados com vida.

Segundo um marinheiro, citado pela agência turca “Anadolu”, o desastre aconteceu quando uma onda destruiu a proa do cargueiro. De acordo com a Associated Press, o casco se partiu em dois quando a onda atingiu a embarcação.

O navio Volga-Balt 214, de 113 metros de comprimento e com bandeira no Panamá, fazia a rota entre os portos russos e turcos do Mar Negro.

O governador da província turca de Samsun, Osman Kaymak, explicou que a embarcação levava uma carga de 3,3 mil toneladas de carvão mineral. O cargueiro que afundou está agora a uma profundidade de cerca de 2 mil metros, a aproximadamente 130 quilômetros do litoral da Turquia.

Kaymak também disse à “Anadolu” que 11 dos 13 tripulantes eram naturais da Ucrânia. Os outros dois vinham do Azerbaijão. Não se sabe, no entanto, a nacionalidade dos marinheiros mortos.

O resgate

As autoridades turcas receberam um alerta de naufrágio ao amanhecer e enviaram dois navios de resgate. Um deles, porém, precisou voltar por causa do mau tempo, segundo o comunicado divulgado no site do governo provincial.

Um avião, quatro helicópteros e outras embarcações se somaram à operação e detectaram três balsas salva-vidas com os marinheiros sobreviventes.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario