Vítimas respiravam com auxílio de ventiladores mecânicos e morreram sem ar. Caso é mais um incidente envolvendo internados com coronavírus em hospitais russos neste ano. MAPA – Hospital na Rússia
G1 Mundo
Nove pacientes de Covid-19 morreram nesta segunda-feira (9) após a ruptura de um tubo de oxigênio em um hospital em Vladikavkaz, na Rússia, informaram as autoridades.
O ministro da Saúde, Sergei Minyaylo, afirmou que 71 pacientes estavam na UTI no momento do acidente, 13 deles com um suporte de ventilação mecânica. Os nove pacientes que morreram estavam conectados a respiradores.
Minyaylo explicou que os pulmões dos falecidos já estavam cerca de 90% comprometidos antes da ruptura do tubo.
Segundo o ministro russo, o problema foi detectado rapidamente e solucionado em 30 a 40 minutos. Os outros pacientes foram assistidos com “cilindros de oxigênio e suportes de apoio”. As causas ainda estão sob investigação.
Outros incidentes na Rússia
A Rússia viveu outros incidentes em hospitais que tratam pacientes de coronavírus desde o início da pandemia.
Em junho, três pessoas morreram em um incêndio em um hospital de Riazan, ao sudeste de Moscou. Um mês antes, dois incêndios causados por falhas em respiradores artificiais deixaram seis mortos em hospitais de São Petersburgo e Moscou.
A Rússia é o quarto país do mundo em números de casos de coronavírus, com cerca de 6 milhões e meio de infectados e 165.650 mortos, segundo a contagem da AFP.
VÍDEO: saiba mais sobre a variante delta
Veja 5 pontos sobre a variante delta

Fonte: G1 Mundo


Compartilhar:

Deixe seus Comentario