O Papa Francisco lembrou nesta terça-feira (16) de sua proximidade com a França e diz estar rezando pelos católicos franceses, parisienses e aqueles que ainda enfrentavam o fogo na catedral de Notre-Dame, em Paris.

“O papa está perto da França, reza pelos católicos franceses e pela população parisiense sob o choque do terrível incêndio que arrasou a catedral de Notre-Dame”, afirmou porta-voz interino do Vaticano, Alessandro Gisotti.

 

Na noite de segunda-feira (15), enquanto as chamas devastavam boa parte do teto e derrubavam a flecha do templo, o monumento símbolo da história do país e uma das obras-primas da arte gótica com seus mais de 800 anos de história, o Vaticano expressou sua “tristeza”.

“A Santa Sé recebeu com incredulidade e tristeza a notícia do terrível incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, símbolo da cristandade na França e no mundo”, afirmou a nota.

 


Compartilhar:

Deixe seus Comentario